Registe-se
HISTÓRIA DO MONTE DE SANTO ANTÓNIO E DO SEU VINHO
HISTÓRIA DO MONTE DE SANTO ANTÓNIO E DO SEU VINHO

HISTÓRIA DO MONTE DE SANTO ANTÓNIO E DO SEU VINHO

Frederick von S' - Conde de Mértola

PORQUÊ ESTE NOME?

O vinho é produzido no Monte de Santo António, em Mértola.

E mértola teve um Conde, que era o Marechal Frederick von S, que viveu no século XVII e que foi agraciado com o título de 1º Conde de Mértole, por ao serviço de D. Afonso VI ter comandado as tropas portugueses na Batalha de Montes Claros contra os Castelhanos e ao qual lhe foi oferecido uma herdade em Mértola e uma renda ou pensão vitalicia para ai passar a sua velhice, o que não veio a acontecer por ter morrido na Batalha de Monpellier.

OBJECTIVO:

PRESERVAR A SAÙDE E TRATAR A DOENÇA.

O dono desta propriedade exerce a sua actividade profissional na área da saúde e teve como objectivo uma agricultura sustentada,com base na prevenção da saúde ou da sua recuperação. Por isso, toda a sua produção agricola, do vinho aos produtos hortícolas,á fruta, aos frutos secos, aos chás, do mel ao azeite, todos são certificados em agricultura biologica pela SATIVA. Nesta propriedade tudo foi pensado ao mais pequeno detalhe, tendo como objectivo a presrrvação da saúde ou a sua recuperação.

O MONTE DE SANTO ANTÓNIO - EM MÉRTOLA

mertola monte de santo antonio

Pertence ao actual proprietário a mais de 50anos e a sua recuperação iniciou-se a cerca de 16anos (desde 2002), o que não foi fácil, pois encontra-se localizada em pleno PNVG (Parque Natural do Vale do Guadiana), onde qualquer construção é quase impossível, desde que não existam construções anteriores.

VALORIZAÇÃO

Desta forma e pelas características que a compõem, o seu valor é incalculavel, pela suas potencialidades e pelo seu património científico, cultural, material, e arqueológico, pois foi habitada á milénios por povos anteriores que ai deixaram os seus vetígios e marcas. É também percorrida pela estrada Romana que ligava o sul de Portugal a Santiago de Compostela e a Roma.

SUSTENTABILIDADE:

Em produtividade é plenamente auto-suficiente e sustentável, o mercado local.

sustentabilidade paineis solares

Em energia elétrica é autónoma e aut-suficiente pela produção de energia solar,com uma produçãode auto-consumo de 30Kva(s) e também uma micro-geração, fornecendo á EDP o excedente da produção elétrica que não necessita de consumir. Esta autonomia elétrica permiti-lhe capitar as suas águas ,pois dispõe de boas nascentes e de duas barragens que permite regar comtotal economia elétrica.

INSTALAÇÕES

Dispõe de construções agricolas, como: adegas,boxes para cavalos, alojamento par os seus funcionários permanentes e de uma habitação principal. vocacionada para casa e campo - vertente saúde, para recuperção da saúde e anti-anging, com excelente e belas paisagens, passeios pedonais e alimentação biológica e orgânica.

SEGURANÇA:

É habitada permanentemente pelos seus funcionários,tem videovigilância com visão diurna e nocturna a laser, iluminação exterior de arruamento e espaços livres,  com energia convêncional e dezenas de candeeiros solares.

Está totalmente vedada com rede e dista de Mértola cerca de 70metros, sendo a sua entrada contrrolada por portão com comando elétrico.

RECURSOS HÍDRICOS:

recursos hidricos monte de santo antonio mertola

Para além da produção descrita, dispõe de uma nascente de água mineral terapêutica, com pH alcalino, bicarbonatada e com um alto teor de maganês e selénio (os quais combatem os radicais livres e são anti-oxidantes e anti-aging(s)), o que torna uma água altamente terapêutica, que poderá e deverá ser uma água engarrafada e comercializada, como água mineral medicinal, a qualquer momento. Dispõe ainda de várias nascentes de abundante água para rega de excelente quantidade, tridimensional e magnetizada negativamente.

HARMONIZAÇÃO:

monte de santo antonio lago frederick von s

Mas a componente energética também não foi esquecida, pois a sua reconstrução e recuperação alicerçou-se com base num avançado e pormenorizado estudo de Geobiologia e Radiestesia, pois disõe de um menhir, uma pérgula (localizada sobre um pavimento vestigial e original de um templo pagão etrusco e visigótico), um Fogo Sagrado construido segundo dimensoes de Geometria Sagrada (Golden Ratio=1,6) de homenagem as Civilizaçoes Maia e Astecas e ainda de uma Capela a Santo António (nome dado à propriedade).  

Desenvolvido por: Creoconcept.com | MyCsite.com v3 - Crie o seu site